Passagem da TAM para os EUA a US$ 78 lota agências de turismo

Agência de Turismo

Preços promocionais de viagens para os Estados Unidos lotaram algumas agências de turismo de Brasília ontem. Com as passagens da TAM vendidas a partir de US$ 78 para destinos como Orlando e Nova York, até quem não planejava viajar resolveu se arriscar. “Não tinha feito nenhum plano, mas um amigo me contou da promoção e eu vim conferir. Outros 10 amigos já compraram”, contou o corretor de imóveis Gustavo Cavalcanti, 32 anos.

Na agência onde ele estava, no Sudoeste, poucos minutos antes do fechamento da loja, a fila ainda estava grande. “Na hora do almoço, tinha muita gente, estava uma loucura. Mais de 20 pessoas só do lado de fora”, conta a operadora de caixa do restaurante ao lado, Palloma Pinho, 18 anos. Na fila, muitas pessoas estavam apreensivas com a possibilidade de erro da companhia aérea. “Acho estranho o preço tão barato, mas quem me avisou foi uma amiga que trabalha em outra agência de turismo e está por dentro, então confio”, conta a funcionária pública Mariana Torres, 33, que pretende aproveitar a oportunidade para se unir às amigas em uma viagem à Disney. O pacote de 10 dias, com passagem e hospedagem, estava custando menos de R$ 2 mil. “O prejuízo não vai ser muito grande se for erro”, acredita a arquiteta Mariana Portela, 26.

Sem avisar, TAM faz promoção somente para aquisição em lojas. Operadoras aproveitam para vender pacotes.

O gerente da agência, Renan Aguiar, duvida que tenha sido uma falha da companhia aérea. Segundo ele, essas promoções têm acontecido em outras localidades do país, como Belo Horizonte (MG) e Rio de Janeiro (RJ). “Como as vendas caíram devido à alta do dólar, a empresa aérea pode ter diminuído os preços para encher os aviões”, acredita. “Nem a gente sabia que teria. Fui informado hoje (ontem) de manhã e avisei a alguns clientes.” A notícia se espalhou rápido e, no fim do dia, ele contabiliza ter vendido mais de 200 pacotes — pelo menos 30 deles antes de as portas da agência abrirem, às 9h. “Quando o cliente já tem cadastro, dá para vender pelo telefone. O meu não parou o dia inteiro”, conta.

Já o dono da agência de turismo no prédio ao lado, José Magalhães Júnior, acredita que houve erro por parte da companhia, como o ocorrido no fim do ano passado com a empresa KLM. “Já estamos emitindo o bilhete assim que a compra é feita. Se deixar só a reserva, pode ser que dê problema para emitir o bilhete depois, como no ano passado”, explica ele, que também foi pego de surpresa pelos preços baixos. “Não divulguei, porque não é promoção. Mesmo assim, muita gente veio comprar”, conta.

Até o fechamento desta edição, a TAM não havia esclarecido se foi um erro do sistema e se os preços continuariam baixos, mas informou que “a companhia dá continuidade ao plano de aprimorar a segmentação da demanda, para oferecer a cada cliente o produto mais adequado, no melhor preço, de acordo com o sistema de precificação dinâmica. Isso permite à empresa continuar a oferecer tarifas ao mesmo tempo atrativas para o consumidor e rentáveis para a empresa”.

Fonte: Correio Braziliense

Compre aqui o seu Trakdot rastreador de malas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *