O preço de viajar hoje pelo Brasil

Pode ser pela presença de uma Copa do Mundo de futebol em nosso país, pode ser pela alta do dólar ou até mesmo pelo constante crescimento do setor do turismo, mas a verdade é que viajar pelo Brasil nunca esteve tão caro.

Um exemplo está no blog de viagem Sempre Viajar que cita Maceió como a capital com as mais belas praias brasileiras e em outro artigo fala de passagens para o Caribe por R$ 770,00. Uma passagem aérea para Maceió não sai por menos de R$ 600,00, enquanto uma passagem para Cartagena das Índias sai por R$ 770,00.

Hospedar em Maragogi, destino considerado o Caribe brasileiro, pode custar quase o dobro de uma hospedagem em Cancún.

São problemas assim que deixam o turista em dúvida e o fazem optar pelas viagens internacionais antes de explorar as opções que temos no Brasil. Se uma semana em Punta Cana custa a partir de R$ 6.000,00 para duas pessoas, porque o turista iria para um resort em Maragogi pagando R$ 6.500,00 ou R$ 7.000,00? O turista enxerga a viagem internacional como uma oportunidade e a doméstica como um roubo.
Para se ter uma ideia de como está mais atraente viajar para o Caribe, uma passagem emitida com pontos do cartão fidelidade da Tam para o México pode valer 50.000 pontos, enquanto para emitir uma passagem para Maceió o viajante precisará de até 60.000 pontos.

No artigo anterior citamos o Vale Viagem como uma opção para os turistas que buscam viajar barato e com os preços das viagens nacionais nas alturas será cada vez mais frequente vermos turistas se organizando para desbravar outras terras ‘além mar’. O perfil do turista brasileiro nos dias de hoje, casado com as facilidades apontadas pelo Vale Viagem farão com que mais pessoas se organizem e passem a viajar mais para fora do Brasil, além do mais, com o Vale Viagem, é possível fechar a viagem à vista quando o câmbio estiver mais favorável para o turista.

O governo até que tentou frear a debandada dos turistas para o exterior aumentando a alíquota do IOF para os cartões de débito internacional, mas nem isto fez com que o brasileiro deixasse de viajar para fora do país, as agências de viagem sabem muito bem o que tem acontecido.

Parece que agora é a hora das companhias aéreas e hotéis fazerem a sua parte reduzindo o lucro e consequentemente abaixando seus preços. Afinal explorar a Copa do Mundo é muito diferente de arrancar o couro de todos nós viajantes e Alagoas é bem mais interessante que qualquer país da américa central.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *