Número de brasileiros em Portugal cresce 67% em 2017

Até os primeiros quatro meses deste ano, o número de brasileiros que visitaram Portugal teve um crescimento de 67% sobre o mesmo período de 2016. O número de pernoites também se elevou em 60,5%.

Já em relação ao total de estrangeiros de desembarcaram em Portugal até abril, houve crescimento de 15% sobre o ano passado. Os dados são do Instituto Nacional de Estatística (INE) português.

Os brasileiros também foram aqueles que, percentualmente, mais elevaram seus gastos. Já foram deixados 167 milhões de euros em Portugal, incremento de 61%.

LEIA TAMBÉM: Turistas brasileiros redescobrem Portugal

A tendência é que 2017 seja o ano com a maior quantidade de brasileiros visitando o país europeu, superando o recorde de 625 mil turistas registrados no ano passado.

“A redescoberta de Portugal pelos brasileiros é fantástica, e o brasileiro encontra um país totalmente diferente do que estavam esperando: seguro, moderno, diversificado, que soube preservar os seus valores mais autênticos”, afirmou o diretor do Turismo de Portugal no Brasil, Bernardo Cardoso.

PAZ

Portugal tem se destacado como um país tranquilo os turistas. De acordo com o Global Peace Index 2017, índice que mede os países mais pacíficos do mundo, a terra de Camões aparece na terceira posição, atrás apenas da Islândia e Nova Zelândia. Houve um avanço de duas posições no ranking sobre o ano anterior.

Fonte: Panrotas

Um comentário em “Número de brasileiros em Portugal cresce 67% em 2017”

  1. É impressionante a quantidade de brasileiros em Portugal, seja a turismo ou para morar esbarramos com um em toda esquina, loja ou restaurante.

    Realmente redescobrimos Portugal e com muito gosto.

    Até outubro desse ano a Zeos Travelling Agência de Viagens já embarcou mais de 150 clientes para lá e todos voltam encantados.

    Para saber mais é só acessar: http://www.zeostravelling.com.br ou pelo Whatsapp (37) 98412-4101 que teremos o maior prazer em atendê-lo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *