Manual de Gorjetas

 

Saiba quanto dar em cada país

Alguns a consideram parte da boa educação, outros, um elogio a um trabalho bem feito. Mas uma coisa é fato: uma boa gorjeta pode abrir portas e, muitas vezes, mudar sua viagem. Por isso, preparamos pra você este pequeno guia.

Alemanha: em qualquer bar ou restaurante, calcule 10 a 15% do valor da conta.

Argentina: se não for cobrado serviço no restaurante, é elegante dar 10% do valor da conta como gorjeta. No hotel, 10 pesos para porteiro estão de bom tamanho.

Austrália: o costume é deixar de 10 a 15% da conta de gorjeta.

Canadá: 20% da conta.

China: nunca dê gorjeta, a não ser que esteja recebendo um serviço excepcionalmente extravagante.

Egito: de 5 a 10% do valor da conta. E lembre-se: eles preferem receber a gorjeta em dólares.

Estados Unidos: na maior parte dos estabelecimentos o serviço já está incluso na conta, e varia entre 10 e 20%, de acordo com o que você achar do serviço. Em hotéis, para arrumadeiras ou porteiros, U$5 devem bastar.

França: o costume é dar 10%, mas gorjetas geralmente não são esperadas de turistas – a não ser quando o serviço é excelente.

Itália: deixe 10% do valor da conta.

Japão: não é costumeiro deixar gorjetas por lá, a não ser em serviços específicos.  Dê em Yenes.

México: dólares são bem vindos. Dê de 10 a 15%.

Reino Unido: na maioria dos estabelecimentos o valor da conta já vem com o serviço. Se não, dê 10%. É comum dar gorjetas em pubs.

Suiça: além dos 15% costumeiros, se o serviço for ótimo, deixar algumas notas de valor baixo é de bom tom.

Turquia: 10%. Dólares e Euros são bem-vindos.

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *