Diamantina é tesouro histórico ambiental em Minas Gerais

Situada a aproximadamente 292 quilômetros de Belo Horizonte, a cidade mineira de Diamantina possui atrações turísticas para todos os gostos. Além do tradicional aspecto histórico que lhe rendeu o título de Patrimônio Cultural da Humanidade, Diamantina oferece aos visitantes boas opções quando o assunto é o ecoturismo e o turismo de aventura.

Um dos principais locais para a prática de atividades de aventura é a gruta do Salitre, um
a marcante paisagem esculpida em rocha que serve de cenário para a prática do rafting. A Serra dos Cristais e o Caminho dos Escravos são outros pontos turísticos imperdíveis.
Uma das maneiras mais interessantes de curtir todo este visual e ainda conhecer o distrito de Curralinho e o Parque Estadual do Biribiri é por meio do turismo fora de estrada em veículo 4×4. Este tipo de passeio garante ótimas imagens e recordações incríveis das diferentes paisagens mineiras.
Nas cercanias de Diamantina, a natureza continua dando o tom em locais como a Cachoeira do Telésforo, em Conselheiro da Mata

publicidade
Seguro Viagem 300x250

Nas cercanias de Diamantina, a natureza continua dando o tom em locais como a Cachoeira do Telésforo, em Conselheiro da Mata; no tradicional passeio de trem pela Serra do Pasmar, que parte da Estação Ferroviária de Diamantina e segue pelo distrito de Barão de Guacuí; e o cânion do Funil, em Presidente Kubitschek. O cicloturismo e as caminhadas também podem ser praticados.

Já no aspecto cultural os destaques ficam por conta do Circuito dos Diamantes e da Estrada Real, dois passeios indispensáveis que dão o toque final para uma viagem perfeita pelo interior das Minas Gerais. A visita a Cachoeira da Água Benta é indispensável para quem faz o Circuito dos Diamantes.

(Leia também : O essencial de Ouro Preto )

4 comentários em “Diamantina é tesouro histórico ambiental em Minas Gerais”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *