Como viajar de graça com milhas

No corre-corre do dia a dia, dependendo da atividade profissional que a pessoa exerce, o avião torna-se um companheiro imprescindível. Você já reparou que tem gente que passa mais tempo dentro de um avião do que na própria casa de tanto que viaja? Pois saiba que essas pessoas, apesar de aparentemente gastarem muito com passagem, tem um grande atrativo. Sim, as diversas companhias aéreas oferecem diversos programas de milhagens que tem como finalidade, justamente, recompensar aqueles que utilizam com frequência os serviços da mesma companhia, com a oferta de passagens grátis ou de outros prêmios.


Mas afinal o que são milhas? Trata-se de uma unidade de medida de distância que as companhias aéreas fornecem quando se viaja. Nesse contexto, de acordo com a passagem que se compra, ganha-se uma determinada quantia em milhas. O acúmulo dessas milhas possibilita que se troque por uma nova viagem ou também permite que se pague uma parte da viagem com milhas e o resto com dinheiro. Para isso, as maiores companhias aéreas do Brasil, como a TAM e a Gol/Varig ao longo dos anos, vem buscando incrementar ainda mais seus programas de milhagem, com o objetivo de fidelizar seus clientes.

A TAM, por exemplo, no fim de 2008, ingressou na aliança global de aviação comercial Star Alliance, integrada por 21 companhias aéreas e três empresas regionais que, em conjunto, operam mais de 18 mil voos diários. Completado no ano passado, os usuários do TAM Fidelidade terão condições de resgatar seus pontos em voos de todas as empresas que fazem parte desse acordo.

A Gol/Varig, por sua vez, fechou em 2008 uma parceria com a Air France que previa a integração dos programas de milhagem Smiles e Flying Blue e o compartilhamento de voos. Com isso, diversos passageiros que viajavam para fora da América do Sul, nos tempos da Varig voltaram ter condições de fazer essa escolha. No entanto, independentemente das diversas vantagens que esses programas oferecem, é preciso estar atento na hora da compra do bilhete com milhas. Nesse aspecto, é fundamental que se observe a validade dos pontos, procure as regras de reembolso e cancelamento de cada empresa, sem contar com as possíveis taxas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *